Guitarra, violão e baixo. O único curso direcionado ao seu objetivo.

Aqui você encontrará materiais para leitura, videos e muita informação sobre equipamentos, efeitos e dicas gerais.

Os equipamentos na vida de um músico profissional - Parte 9

Comprar/trocar virou coisa séria

Nesta etapa da vida, algumas grandes oportunidades surgiram, mas acabei optando por continuar minha vida como professor, eu poderia seguir como sideman (músico de apoio), mais acreditei na minha profissão e estou nela até hoje. As compras e vendas de equipamentos continuavam rolando, assim, pude experimentar todo tipo de equipamentos, como esta Fernandes.



Passaram pela minha mão várias Fenders/Squiers:



Kramer Focus 2000:



Golden:



Peavey de 15 watts:



Este era um amplificador simples de vários canais, excelente para simulações que eu utilizava junto com o sintetizador.



Baixo LTD:



Eagle strat:



Finch V. Dá para acreditar em quantos equipamentos um músico põe a mão?



Minha primeira Steve Morse model

Nesta época eu pude pegar minha primeira Music Man, esta guitarra infelizmente ficou pouco tempo comigo, acontece que viver de música honestamente no nosso país não é tarefa fácil, por isso, a maior parte dos equipamentos que eu estou demonstrando, não ficaram tanto tempo em minhas mãos, é óbvio que algumas coisas eu consegui manter, mas daquela época mesmo foram poucas.



Um equipamento bacana que eu tive nesta época foi um Digitech. Eu sempre flertava com racks que foram uma grande paixão que eu tive.



Minha primeira Jem 7WH

Eu tinha muita amizade com muitos vendedores das lojas de equipamentos, aí, sempre que aparecia algo bacana eles me avisavam, foi assim que peguei minha primeira Jem 7WH. ela surgiu numa cidade vizinha a minha, e lá fui eu de novo vender um monte de coisas para pegar uma guitarra dos sonhos. Quando eu a comprei, ele estava com os plásticos ainda, me arrependo até hoje de ter me desfeito dela, mas como já disse, infelizmente quem vive de música sempre acaba passando por muitos altos e baixos.



Por influência do mesmo produtor já citado, comprei uma das melhores guitarras que já toquei na vida, era uma Brian Moore C90F (ainda vou comprar outra pra mim rsrsrsrsr). Eu encontrei a mesma Brian Moore a venda um tempo depois, mas não tive como compra-la de volta.



Washburn N4

Nesta mesma época eu comprei uma das guitarras mais importantes da minha vida, foi nesta guitarra que eu mais estudei e toquei, minha Washburn N4 preta Custom, fiz todo tipo de teste de captadores nela, o Ivan da Music Maker que o diga, ele instalou até um Fernandes Sustainer nela, vou colocar algumas fotos dos testes e de como ela está até hoje.



Music Man Luke

Tive oportunidade também de pegar um tempo depois, uma outra guitarra icônica, a Luke Music Man com Floyd, a mesma guitarra que eu via o tempo todo nas mãos do Kiko do Roupa nova, esta foi outra guitarra que eu mexi bastante (novamente eu não posso deixar de citar o grande Ivan da Music Maker, aliás, o Ivan sempre foi um grande chapa, desde a primeira Jackson 94 que eu levei para ele colocar marcação dente de tubarão, ele fez a alteração que ficou espetacular (vou falar mais do Ivan na sequência), sei que eu mudei tanto a Luke que acabei desencantando dela (que burrice minha).



Mais duas "máquinas" que eu tive, uma Kraft strat e uma Steinberger.

Quando me desfiz da Steinberger (que era e é uma guitarra extremamente cara, tanto no Brasil quanto fora) peguei como pagamento uma Fender Deluxe e uma outra Jem FP.





Outros equipamentos legais que eu tive na época foram: Um violão Epiphone, outra N4, uma Ibanez de 7 cordas e... ufa, uma Giannini baseada na Music Man do Van Halen.



Últimos posts:

Arquivo:

Rod. Castelo Branco, km 196 - Pardinho - São Paulo / CNPJ 32.771.734/0001-60                                                                                                          @2019 by Roberta Peregrinaldi